REVISTA DUO/2024-06

Arquitetas joinvilenses contam o que foi destaque na Semana de Design de Milão

Por Stella Bousfield

As arquitetas da KZA Arquitetura conferiram a Milan Design Week e compartilham com os leitores da DUO as novidades que serão tendência no segmento de design deste ano  

Quem acompanhou as redes sociais da DUO entre os dias 16 e 21 de abril percebeu nos stories os lançamentos da 62ª edição da Semana de Design de Milão registradas pelas sócias da KZA Arquitetura – Cristina Reinert, Amanda Calegari e Taymares Petry. As três especialistas já visitaram a feira em edições anteriores e neste ano voltaram a conferir as novidades do principal evento internacional da indústria do design, trazendo na bagagem as tendências do mobiliário e da arquitetura de interiores.

Elas selecionaram os lançamentos que acharam mais surpreendente, compartilhando as tendências mais desejadas para 2024. Nos dez dias de viagem, elas visitaram o Isaloni, como também é conhecido o Salão do Móvel; o Fuorisalone, evento realizado em grande estilo pelos bairros mais badalados da cidade; sendo também convidadas a visitar exposições independentes de grandes marcas e a fábrica Barovier & Toso, em Veneza.

AS ATRAÇÕES DO ISALONI

O Isaloni é reconhecido como a maior feira mundial de design e mobiliário, apresentando o que existe de mais inovador e tendência na área de decoração. A feira expõe os novos produtos, assinados por famosos nomes e artistas, recebendo até 160 países diferentes incluindo designers, e arquitetos de olho em novas ideias e inspirações. O evento é subdividido entre exposições, como a EuroCucina, considerada a mais relevante exposição de cozinhas do mundo, e o  Salone Internazionale del Bagno. Ambas acontecem apenas a cada dois anos e são revolucionárias. Nestes espaços, ficaram evidentes tendências, como as tecnologias de ponta, materiais inovadores e sustentabilidade. 

OS DESTAQUES DO FUORI SALONE

Cristina, Amanda e Taymares também conferiram o Fuorisalone, evento que  leva a feira além dos pavilhões, focando experiências multissensoriais pelas ruas de Milão. Uma das propostas que mais atraiu o trio foi o jardim proposto pela marca italiana Nardi, que apresentou a instalação Il Giardino dell’Otium (O Jardim Otium), uma experiência emocionante e envolvente inspirada no espírito da Roma Antiga, que celebra a capacidade regenerativa de dedicar tempo a si mesmo enquanto vive-se em contato próximo com a beleza da natureza. Outro ponto observado pelas especialistas como tendência foi a aplicação de mobiliário externo com jeito de móveis utilizados no interior de ambientes. 

O holofotes também revelaram a marcante participação da Ploom, que estreou na Semana de Design de Milão com uma experiência imersiva que celebra o lançamento da coleção exclusiva Special Edition Red produzida em colaboração com Ora Ïto, o talentoso designer francês cuja assinatura é o conceito de “Simplexidade”, ou a transformação da complexidade em simplicidade. A proposta foi fazer  uma viagem sensorial entre o mundo real e o imaginário, combinando modernidade tecnológica e design atemporal, estimulando os sentidos com o seu icónico tom de vermelho.

Os holofotes também revelaram a marcante participação de ativação de marcas que não estavam necessariamente ligadas ao mundo da arquitetura. Um exemplo foi a marca Ploom, que estreou na Semana de Design de Milão com uma experiência imersiva em colaboração com Ora Ïto, o talentoso designer francês cuja assinatura é o conceito de “Simplexidade”, ou a transformação da complexidade em simplicidade. A proposta foi fazer  uma viagem sensorial entre o mundo real e o imaginário, combinando modernidade tecnológica e design atemporal, estimulando os sentidos com o seu icónico tom de vermelho. 

Outras marcas como a Google, e a Porsche também marcaram presença com ativações reflexivas e imersivas. A Google, junto com o instituto de pesquisa Chromasonic veio com uma proposta sinestésica, ou seja, com a fusão dos sentidos. A exposição “Making sense of colours” trouxe ao longo de 600m² telas semitransparentes coloridas e sons de acordo com a cor projetada. A cor vermelha tinha o comprimento de onda mais longo, ou seja, som mais baixo, enquanto a cor amarela tinha o comprimento de onda mais curto, e o som mais agudo. Assim, os telespectadores experimentaram as cores através de dois sentidos diferentes e puderam “ouvir” as cores.  O objetivo de tudo era ajudar os visitantes a se sentirem mais ancorados em seus próprios corpos. 

Já a Porsche trouxe a quinta etapa da exposição estrada em Paris, chamada “O padrão dos sonhos”. É um convite para os artistas explorarem a sua visão do mundo dos sonhos em instalações físicas. Nesta edição o coletivo de arte Numen/for use, junto com a arquiteta Ivana Jonke criaram uma obra de arte imersiva chamada “linhas de voo”. Além da atração visual, a obra contou com as composições musicais originais criada pelo duo holandês Imre e Marne van Opstal. 

O DESTAQUE ENTRE AS EXPOSIÇÕES INDEPENDENTES

Neste cenário, uma das atrações foi a exposição da marca holandesa Moooi, que se destacou não apenas visualmente, mas também sensorialmente, integrando áudio, aromas e texturas de forma integrada com o objetivo de criar memórias duradouras. Um dos pontos altos da exposição foi a parceria com a LG, apresentando equipamentos que transcendem seu propósito, além das propostas de  mobiliário e de papéis de parede biodegradáveis.

TENDÊNCIAS PARA 2024

Destaque no  vidro

Segundo as sócias da KZA Arquitetura, a abundância do uso do vidro, ou aplicação dele como um elemento principal de destaque, são uma das grandes tendências para este mercado. O material quando utilizado na fabricação de móveis pode agregar elegância e sofisticação para qualquer ambiente. Com maior durabilidade e esforço mínimo de manutenção, as peças que possuem aplicação de vidro são bem vistas pelos designers italianos há alguns anos, e vieram como uma forte proposta para 2024.

Aço inox na cozinha

O material esteve em alta por conta da estética futurista, mostrando como a tendência do cromado segue forte, por meio de armários de parede em inox. Assim como acontece no mundo da moda, os materiais metalizados vão e vem como tendência no mundo decorativo. 

Sustentabilidade

A sustentabilidade é um dos grandes pilares da Milan Design Week. Entre algumas das várias propostas apresentadas estavam cadeiras e tecidos biodegradáveis. A marca italiana Arper levou, por exemplo, alternativas para o plástico tradicional, apresentando um modelo feito à base de fungos.  

 Prata em alta

Peças reluzentes, com brilho próprio e um quê futurista marcaram muitos dos lançamentos da semana de design de Milão. A tendência, que já havia dominado as passarelas da moda há não muito tempo, chegou de vez na decoração, com móveis, objetos e acabamentos manifestando a elegância da cor prata e do efeito cromado.

VISITA A MURANO

Para finalizar, as sócias fizeram uma visita à ilha de Murano, onde puderam conhecer a tradicional fábrica Barovier&Toso, que desde 1295 produz peças de Murano a partir de “Cristallo Veneziano”, um dos melhores e mais puros cristais do mundo. 

Esta foi uma viagem inspiradora para as sócias da KZA Arquitetura, que sempre buscam novas referências que fomentem as soluções exclusivas e funcionais para proporcionar um jeito de morar surpreendente. Segundo elas, participar de eventos renomados, como a Milan Design Week, permite estar à frente do seu tempo. “Como estas novidades demoram a chegar ao Brasil, ainda estaremos em sintonia com as novidades quando os projetos de interiores para os empreendimentos forem executados, o que deve acontecer nos próximos quatro ou cinco anos”, prevê.

Compartilhe nas Redes Sociais

Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp
Email